quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Novo Calendário Para Pagamento Do Salário de Novembro

A agonia dos servidores ativos e inativos do Rio de Janeiro parece não ter fim! O governo divulgou essa noite mais um novo calendário para o pagamento do salário de NOVEMBRO. Dessa vez a proposta é pagar em suaves prestações. Na verdade serão 05 parcelas para quitar o pagamento de NOVEMBRO. Metade dos servidores ativos e inativos do Rio de Janeiro vão terminar 2016 com os bolsos vazios! 

Novo Calendário

05/01/2017 - R$ 264
09/01/2017 - R$ 342
11/01/2017 - R$ 221
13/01/2017 - R$ 1.375
17/01/2017 - Restante

NOTA DO GOVERNO
 
A Secretaria de Estado de Fazenda divulgou hoje (22/12) o novo calendário de pagamentos para os salários de novembro. O calendário divulgado anteriormente não pôde ser cumprido pela ocorrência de novos bloqueios das contas do Estado pelo Tesouro Nacional.

Os bloqueios pela União ocorrem devido ao não pagamento, pelo Governo do Estado, de dívida vencida. A postergação no pagamento da dívida reflete a opção do governo em priorizar a folha salarial dos servidores ativos, inativos e pensionistas.

Os bloqueios são determinados mesmo quando não há recursos disponíveis em caixa, ou seja, o governo federal define que a receita que entrar nos cofres do Estado será bloqueada. Entre os dias 5 e 27 de dezembro próximo, terão sido bloqueados R$ 550 milhões (no dia 27, mais R$ 20 milhões serão bloqueados).

A folha salarial, competência novembro de 2016, encontra-se, até dia 22 de dezembro, inteiramente quitada para 63% do total da folha líquida de R$ 2,1 bilhões do funcionalismo público do Estado do Rio de Janeiro.

O parcelamento do pagamento dos 37% ainda não quitados é inevitável devido à falta de recursos em caixa. A grave crise econômica do País continua derrubando a receita de tributos estaduais. As parcelas foram programadas de acordo com a projeção de entrada de receita nos cofres do Estado.

Aos servidores que ainda não receberam seus salários de Novembro resta a esperança que esse calendário seja cumprido.

0 comentários:

Postar um comentário